fbpx Skip to main content

Unhas Fracas. Saiba o que elas escondem e por que é tão importante cuidar disso.

Saiba aqui, o que escondem as unhas fracas e quebradiças e como resolver de vez esse problema!

Quantas vezes aquela unha quebrada arruinou a ida na manicure que você tinha acabado de fazer? E então surge o dilema: cortar todas de uma vez, tentar colar ou deixar para lá?

Mas agora chega! Estamos cansadas de unhas fracas e rachadas. Por isso pesquisamos as principais causas de fragilidade das unhas, para resolver e acabar com esse problema de uma vez!

O primeiro passo para tratar unhas fracas quebradiças de forma eficiente é reconhecer o motivo da fraqueza. Há problemas externos (como produtos químicos que entram em contato com suas unhas, por exemplo) e problemas internos (falta de cálcio ou vitaminas) que podem danificá-las ou enfraquecê-las.

 

Unhas Fracas e Quebradiças
Unhas Fracas e Quebradiças

O que pode ser?

Anemia

Segundo o site Beleza e Saúde uma famosa causa de unhas fracas é a anemia, isto é, a ausência de glóbulos vermelhos no sangue. A anemia provoca uma alteração na distribuição de nutrientes do corpo, pois os glóbulos vermelhos são responsáveis por carregar vitaminas e minerais para o organismo. Com sua ausência, as vitaminas e minerais necessários para a estrutura das unhas não chegam onde precisam.

Problemas de absorção intestinal ou alimentação inadequada

Também podem ser causas de unhas fracas e quebradiças. A alimentação interfere diretamente no equilíbrio do organismo e prejudica o fornecimento de nutrientes. A vitamina D é a responsável pela absorção de cálcio e sua ausência faz com que osso e unhas se tornem mais frágeis. Por isso, uma alimentação rica em ferro (como carne vermelha, ovo e soja), vitaminas do complexo B (limão, mamão e pera) e zinco (nozes, ostras e caranguejo) faz toda a diferença!

Doenças dermatológicas

Como o líquen plano, micose ou dermatite. O ideal em casos tão específicos é primeiramente tratar a doença e mais tarde aplicar qualquer tipo de tratamento.

Acetona

Já a principal fonte de problemas externos das unhas fracas é a acetona. O produto na verdade é bem abrasivo, portanto, saiba diferenciá-lo do removedor de esmalte. Além de deixar as unhas fracas, a acetona pode causar manchas.

Produtos de limpeza

O contato constante com produtos de limpeza também fragiliza as unhas, pois são capazes de ressecá-las de acordo com o site Beleza e Saúde. Utilizar luvas para manusear produtos químicos é a melhor solução.

Maus hábitos

Você sabia que alguns de seus hábitos diários que passam despercebidos podem danificar o crescimento de suas unhas? Por mais sutil que possa parecer, bater a ponta dos dedos em superfícies duras prejudicam sua estrutura e facilitam a quebra, assim como roer as unhas.

Unhas Fracas e Quebradiças

Alicate e outros materiais

Caso você vá ao salão de beleza, fique atenta quanto a higiene dos materiais de manicure. Unhas possuem estruturas sensíveis, e materiais compartilhados podem acabar transmitindo infecções e doenças como a micose. Sendo assim, algumas pessoas preferem levar seu próprio material ao salão de beleza. Porém não se esqueça de higienizá-lo da mesma maneira, pois ainda há riscos de pegar infecções bacterianas. É recomendado utilizar um sabonete antisséptico ou álcool para fazer a limpeza após o uso.

Esmalte

Aquele esmalte lindo que você adora também pode ser um probleminha… O esmalte é um solvente, e é capaz de dissolver as células das unhas, fazendo com que se tornem mais quebradiças.

Falta de proteção

Sim, todas nós odiamos as cutículas. Porém, por mais feias que sejam, elas servem como proteção contra vírus e bactérias e são essenciais para a saúde das unhas. Uma boa dica é utilizar um creme removedor e retirar apenas o excesso, mas não ir tão profundamente.

Unhas postiças

Muitas mulheres se esforçam para ficar com unhas compridas, fazendo com que recorram a unhas postiças de gel ou de porcelana. Na verdade, não faz mal nenhum além de aumentar as chances de micose, por conta da falta de contato com o ar. O que realmente irá prejudicar no caso das unhas postiças é o processo para retirá-las, principalmente as de gel que precisam de acetona.

Como eu posso deixar minhas unhas fracas, mais resistentes?

Existem remédios preparados especialmente para fortificar as unhas fracas, com composições ricas em queratina. Contudo, apenas uma dermatologista pode auxiliar cada paciente e indicar o melhor remédio para cada caso.

Se você não quer recorrer a remédios ou tratamentos farmacêuticos, há maneiras eficazes e práticas de auxiliar o fortalecimento das suas unhas em casa. Óleos a base de ureia contém grande poder hidratante e consequentemente irão fornecer uma hidratação na raiz e cutículas.

Fórmulas caseiras também podem ser de grande ajuda. Uma boa alternativa é aplicar chumaços de algodão com suco de laranja, suco de tomate, azeite ou limão e deixar sobre as unhas durante aproximadamente dez minutos. Em seguida lavá-las com água abundante.

Como resolver as unhas fracas?
Unhas Fracas e Quebradiças

E por que é que algumas unhas são mais propensas a serem quebradiças?

Apesar de tudo isso que você leu aí em cima, a falta de vitaminas é a principal causa de unhas fracas ou quebradiças. A alimentação auxilia na ausência de vitaminas sim, mas em alguns casos só isso não funciona. Suplementos vitamínicos podem ser uma opção para nutrir a raiz e ajudar no crescimento, mas e se nem isso funcionar?

Nossas unhas são recobertas por uma proteína chamada queratina. A resistência de cada uma vai depender de reações químicas presentes nas próprias unhas, que fazem com que as fibras de queratina permaneçam unidas.

Mas além da queratina há a biotina (vitamina B7). As duas juntas atuam para fixar os sais minerais e vitaminas, responsáveis pela saúde das unhas. Ou seja, quanta maior a quantidade de minerais e vitaminas estão fixados nas unhas, mais forte, bonita e saudável ela crescerá.

A maneira mais eficiente de se certificar de que a biotina e a queratina estão fortes e resistentes é a ingestão de colágeno hidrolisado. A proteína é produzida pelo nosso corpo até os 30 anos e depois entra em declínio gradativo, tornando necessária a suplementação. Além de auxiliar na estrutura das unhas, o colágeno deixa cabelos e pele mais bonitos, além de fortalecer cartilagens, ligamentos e tendões.

Fique atenta quanto ao consumo de vitaminas e minerais no seu dia-a-dia. Para regular sua alimentação e saber mais, confira nosso post sobre Vitaminas do Complexo B, aqui.

Agora você sabe como a ingestão de colágeno é importante. Quer conferir seus benefícios e trabalho no nosso organismo? Saiba aqui.