fbpx Skip to main content

Potencializando os benefícios dos peptídeos de colágeno!

Mesmo com a alta taxa de absorção promovido pelos peptídeos de colágeno, ainda existem fatores ambientais e biológicos para que a suplementação seja realmente eficaz. O tabagismo, alto consumo de açúcar, exposição ao sol sem a devida proteção e poluição tem interferência direta nos resultados. Entretanto, o fator determinante para o alto desempenho da suplementação é a absorção da proteína no nível celular, que somente ocorre com eficácia quando associado a vitaminas e minerais específicos para a perfeita metabolização.

 

Colágeno + Vitaminas + Minerais que fazem todo o sentido!

 

A vitamina C, comumente associadas ao fortalecimento do sistema imunológico, é capaz de colaborar para a síntese do colágeno e exponencialmente para a absorção dos peptídeos de colágeno e, consequentemente, nos resultados da suplementação. Mesmo quando observamos isoladamente os benefícios desta vitamina (manutenção do tecido conjuntivo, atuação proativa nos processos infecciosos e aumento da resistência dos ossos) e quando relacionamos aos propósitos da suplementação de “colágeno”, torna-se imprescindível sua associação – tornando ainda mais eficiente quando disponível em 100% das suas necessidades diárias.

A este mesmo princípio de associação vitamínica pode-se, ainda, creditar benefícios quando à suplementação de peptídeos de colágeno quando associado as vitaminas A (manutenção dos ossos e pele), vitamina E (prevenção dos danos oxidativos nos tecidos), vitamina D (manutenção ativa a homeostase de cálcio nos ossos, tornando-os mais fortes e saudáveis), B3 (micronutriente essencial para energia celular), B5 (ou ácido pantotênico, responsável pela saúde da pele e cabelos, tratamentos contra a acne e cicatrizações), B6 (ou piridoxina, é importante para a metabolização dos peptídeos de colágeno, além de ser responsável pela produção de epinefrina, serotonina e outros neurotransmissores), B7 (ou Biotina, corresponsável pela formação e saúde da pele, cabelos e unhas), B12 (comumente associado a manutenção do sistema nervoso e da “memória”, tem a importância oferecer saúde muscular e contribuir com a formação das células vermelhas).

Sem dúvida, nos termos da suplementação de “colágeno” em sua forma peptídica (peptídeos de colágeno) podemos considerar que, isoladamente, esta proteína vital gera inúmeros benefícios em médio/longo prazo. Mas quando associado as vitaminas A, C, E, D, B3, B5, B6, B7 e B12 os resultados são exponencialmente maiores em curto prazo, tornando-se mais eficientes em médio/longo prazo. Mas não podemos deixar de exaltar outros grandes partícipes para obtenção de resultados ainda mais expressivos: os minerais Cobre, Zinco e Manganês. Estas associações de minerais, muitas vezes ausentes, potencializam os resultados da suplementação dos peptídeos de colágeno:  o Cobre, responsável pela formação da melanina – que impede a formação de manchas na pele; pela produção da enzima lisil oxidase – responsável pela ligação cruzada de colágeno e elastina, essenciais para a formação de tecido conjuntivo forte e flexível, ao mesmo tempo que aumenta a absorção da vitamina C. O Zinco, responsável pela síntese de proteínas e divisão celular; Manganês, nutriente essencial para crescimento e densidade óssea, formação endógena do colágeno e ativação de enzimas que permitem a ativação de nutrientes chaves como as vitaminas B1, Biotina, C e E.

Pense diferente para você também. Nós fizemos isso.

 

Estudos apontam que a quantidade de vitaminas e sais minerais presentes na alimentação vem diminuindo gradativamente, principalmente frente a necessidade de produção em larga escala que não permite ao solo as condições normais de regeneração. Uma alimentação saudável e balanceada é imprescindível, mas nem sempre traz consigo a quantidade necessária das vitaminas e minerais que precisamos – e muitas vezes nos vemos frente a necessidade de suplementação.

Podemos afirmar categoricamente que este não é o melhor cenário. Seríamos muito mais felizes – e saudáveis – se pudéssemos seguir o exemplo de nossos ascendentes e consumir aquilo que é verdadeiramente orgânico, com todos seus benefícios. Mas infelizmente isso não é mais possível em nosso tempo.

E foi pensando justamente nisso que desenvolvemos Sachets – peptídeos de colágeno de alto desempenho. O colágeno Premium, singular, único em benefícios e resultados que foi, após intensa pesquisa e desenvolvimento, analisado em todos os detalhes para ser o melhor em sua categoria.

Sachets possui o melhor colágeno do mundo e, além disso, a melhor especificação técnica. Possui também as melhores vitaminas ao seu propósito – A, C, E, D, B3, B5, B6, B7 (Biotina), B12 com 100% de suas necessidades diárias (conforme recomendação da OMS) escolhidas e analisadas pontualmente, criando a mais perfeita associação para potencializar os benefícios. E, ainda, os minerais mais importantes – Zinco, Cobre e Manganês, também com 100% de suas necessidades diárias. Com isso, conseguimos ir muito além da nossa principal promessa: saúde, bem-estar, qualidade de vida e autoestima, em duas linhas que atendem aos mais variados públicos. Mas ainda assim, queríamos ir mais à frente. Adicionamos aromas e corantes 100% naturais, extraídos das mais variadas fontes: cártamo, hibisco, limão, dentre outros. Removemos os açúcares, traços de glúten e lactose através de modernos processos, desde a origem da matéria prima até seu envase. Assim, criamos a melhor experiência sensorial da categoria.

Por tudo isso, Sachets é sem dúvida, sua melhor escolha. Criado para que você não só reconheça os resultados, mas se encante também com todos os benefícios. E isso tudo nos impele a dizer, verdadeiramente, quem somos:

Sachets: o mais saboroso colágeno que você já experimentou. Com resultados que você nunca viu.

Que tal fazer isso por você? Clique aqui para comprar!

15 Dicas rápidas, fáceis e incríveis para você cuidar melhor do seu cabelo!

Quem nunca quis ter um cabelo forte e bonito sem precisar gastar rios de dinheiro? Acho que todas nós, certo? Pensamos que os melhores produtos ou os mais caros ajudarão nossos a ficarem mais saudáveis, mas nem imaginamos que atitudes bobas do dia-a-dia que podem evitar e muito esses gastos desnecessários. Sim, é possível manter os fios impecáveis sem precisar ir ao salão toda semana.

Confira 15 dicas incríveis e muito valiosas capazes de garantir a beleza de suas madeixas

1.Quer ativar a circulação dos fios? Escove-os antes de lavá-lo.

2. Lave seu cabelo com água fria e evite o enfraquecimento dos fios

3. Não durma com o cabelo molhado nem use elásticos desencapados para não enfraquecer os fios.

4. Antes de secar, invista naquele protetor térmico para evitar possíveis danos.

5. E na hora de secar, nada de para o secador na mesma mecha por mais de 5 SEGUNDOS.

6. Vai finalizar? Se tem pontas duplas, aposte no reparador de pontas que tenha silicone.

7. Você deve distribuir o creme de hidratação só pelo comprimento, sem encostar na raiz.

8. Evite o stress! Difícil, não é? Mas o estresse causa enfraquecimentos e queda de cabelo. Então conte de 1 até 100, por favor.

9. Sabe as vitaminas do complexo B? São excelentes para o seu couro cabelo, então consuma cereais integrais, abacate e outros.

10. Consuma alimentos que são fontes de proteína como ovos, carnes e leite e principalmente a biotina. São importantes e fazem bem para o cabelo.

DICA OURO: Por falar em fontes, se quiser nutrir seu cabelo e seu corpo de uma vez com muita biotina, proteína e todas as vitaminas em te aconselho comprar um suplemento alimentar como Sachets, por exemplo. Você recupera todas as vitaminas que perdeu e seu cabelo sentirá os resultados muito mais rápido do que na alimentação. Se quiser conhecer, é só clicar aqui.

Evite queda de cabelo com pequenas atitudes! Seus fios agradecem! 😉

11. Pra quê usar pente fino, mulher? Fuga deles de todas as formas! Eles quebram a fibra capilar dos seus fios e dependendo da sua força então…

12. Se seu cabelo estiver ressecado, use xampu de pH mais ácido (entre 4,5 e 5,5) ou um xampu neutro.

13. Produtos da mesma linha funcionam melhor quando usados juntos.

14. Corte seu cabelo a cada 6-8 semanas. Isso não fará com que seu cabelo cresça diretamente, mas irá fortalecê-los e assim pode evitar a quebra e as pontas duplas.

15. Use cosméticos específicos para seu tipo de cabelo.

16. Dica Plus: Se a raiz branca estiver aparecendo? Disfarce aplicando máscara para cílios da mesma cor dos fios.

Gostou? Compartilhe com suas amigas e receba várias dicas em primeira mão assinando nossa newsletter logo abaixo. 😉

Biotina: Descubra a Vitamina Para o Cabelo e Muito Mais

Conheça aqui o que a biotina pode fazer por você e os alimentos ricos nesta vitamina.

Provavelmente você já ouviu falar dela. Poderosa, ela é essencial para a manutenção da nossa beleza, assim como interfere na nossa saúde e na nossa forma física. Estamos falando da biotina, vitamina que é capaz de fazer muito por você!

Cabelos, pele e unhas

Também conhecida como vitamina H, essa vitamina do complexo B faz jus à fama de “vitamina da beleza”. Afinal, dentre os vários benefícios que proporciona, a biotina acelera o crescimento dos cabelos, tornando os novos fios mais firmes e bonitos.

A biotina também colabora com a saúde da pele e das unhas. A carência desse nutriente no nosso organismo pode deixar a pele ressecada e com vermelhidões e as unhas frágeis, sem mencionar problemas graves como a dermatite.

O consumo de biotina, por sua vez, é capaz de combater tais problemas, tornando a pele mais saudável e acelerando o crescimento das unhas, deixando-as mais firmes.

Aliada da hipertrofia

Além de todos esses benefícios estéticos, a biotina é grande aliada de quem treina, uma vez que fornece energia e atua no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, auxiliando no tão sonhado ganho de massa muscular.

Biotina
Para que serve a biotina?

 

Fontes

Salmão, fígado, levedura, soja, nozes, cereais, abacate, amendoim, avelã e farelo de aveia são alimentos que possuem biotina. Apesar da gema do ovo ser rica em biotina, a clara de ovo crua impede a absorção de biotina pelo organismo. Com essas informações em mente, tenha mais atenção ao abastecer o seu carrinho no supermercado e com o que você coloca no prato.

Além da alimentação, essa vitamina pode ser ingerida por meio da suplementação. Se for o caso, consulte um médico ou nutricionista e busque a melhor solução para você.

 

Em busca do loiro perfeito? Então você precisa ler este post

Em busca do loiro perfeito? Então você precisa ler este post

Não, este não é um post falando sobre como conquistar aquele deus nórdico dos filmes da Marvel. Muito menos sobre o papagaio da Ana Maria Braga. O nosso papo de hoje está na cabeça de toda loira poderosa que sonha com suas madeixas perfeitas. O loiro perfeito e dos seus sonhos! Afinal, você pintou os cabelos ou fez luzes em busca de fios loiros, lindos, saudáveis e hidratados, mas perde o sono diante do ressecamento e do frizz, certo?

loiro perfeito

Além de cuidados externos com os cabelos, existem cuidados internos que provavelmente você ainda não conhece. Sabia que a ingestão de nutrientes interfere diretamente na saúde dos seus fios? Por isso a manutenção de uma alimentação balanceada e rica em minerais como zinco e ferro e em vitaminas A, C, Biotina e demais do complexo B é tão importante.

Ou seja, a saúde dos seus fios e do loiro perfeito está no prato: alimentos como nozes, castanhas, grão de bico, vegetais (lembre-se: o prato precisa ser colorido – e não monocromático) e proteínas são capazes de deixar os seus cabelos loiros ainda mais saudáveis.

Além destes nutrientes, o colágeno, proteína que faz parte da constituição da estrutura capilar, também interfere no crescimento dos fios. Em associação a vitaminas, o consumo de colágeno atua na promoção de nutrientes no folículo capilar, agindo literalmente na raiz do problema e não na extensão dos fios crescidos, compostos por células que já não recebem os nutrientes da corrente sanguínea.

Ou seja, a partir do momento que você começa a consumir colágeno, tanto por meio da alimentação (carnes, ovos + vegetais vermelhos) como pela suplementação, os seus cabelos passam a crescer de forma mais saudável e acelerada, tornando os novos fios mais bonitos, brilhantes e hidratados.

loiro perfeito

Não existem fórmulas mágicas para o loiro perfeito e que prometem resultados do dia pra noite. Por isso, selecionamos sete dicas que vão te ajudar a ter e manter os fios lindos de agora em diante. Prepare-se para obter resultados surpreendentes a médio e longo prazo!

  • Alimente-se bem. Comece por dentro. E faça disso um mantra.

Uma alimentação balanceada e rica em nutrientes também é indispensável para manter a saúde dos fios. Invista em alimentos ricos em minerais como zinco e manganês e em vitaminas A, Biotina, C e E. O colágeno também é fundamental para promover o crescimento saudável dos cabelos, deixando os novos fios mais fortes, hidratados e brilhantes, bem longe do aspecto quebradiço e sem vida dos fios antigos.

loiro perfeito

  • Mantenha cuidados regulares.

Invista em hidratações para cabelos loiros, cauterizações e banhos de óleo, seja no salão ou em casa. Cabelo saudável é sinônimo de cabelo mais protegido de agressões externas.

  • Dê férias para o secador e a chapinha.

Altas temperaturas diminuem a resistência e elasticidade dos fios, tornando-os mais frágeis.

  • Cuidado com os raios ultravioleta do sol.

Eles são prejudiciais não só para a pele, mas também para todos os tons de cabelos. Use boné ou chapéu quando for ficar muito tempo exposta ao sol. E não se esqueça de usar leave-in ou creme sem enxague com proteção UV.

loiro perfeito

  • Proteja seu cabelo do mar e da piscina.

Antes de entrar na piscina ou no mar, molhe seu cabelo na ducha (se não tiver uma por perto, use uma garrafinha de água mineral). Como o cabelo tem um limite de líquido que consegue absorver, ele terá “menos espaço” para água salgada ou água com cloro, que são prejudiciais aos fios loiros.

  • Use soro fisiológico.

Ao lavar os cabelos em casa, use soro fisiológico no último enxágue. Ele irá hidratar e regular o pH das madeixas, deixando-as mais macias e com menos frizz.

  • O cabelo ficou esverdeado? Há soluções.

Além dos produtos matizadores, existem alternativas naturais para resolver o problema. A terapeuta capilar Renata Fraga dá a dica: o vinagre de maçã é uma das opções naturais para normalizar a coloração loira depois de muito banho de piscina. Adicione 4 colheres de sopa de vinagre de maçã orgânico em meio litro de água. Aplique no comprimento dos fios e deixe agir por 30 a 40 minutos. Em seguida, lave suas madeixas como de costume.

Quer saber mais sobre os nutrientes necessários para ter o loiro perfeito do jeito que você sempre sonhou? Clique aqui.

 

Queda de Cabelo – O que você precisa saber.

Os cabelos, assim como as unhas e a pele, constituem o nosso cartão de visita e interferem na nossa autoestima. Por isso, a queda de cabelo é um fantasma que assombra a maioria dos homens e mulheres.

A genética, a testosterona, os fatores emocionais e o uso de tintura e química são alguns dos fatores responsáveis pela calvície. Coisas aparentemente inofensivas, como o uso excessivo de elásticos e grampos, também podem contribuir para o enfraquecimento dos fios.

O nascimento e a queda de cabelo fazem parte de um ciclo. Primeiro, os fios crescem, depois repousam e, ao ficarem fracos, caem, dando espaço para novos fios nascerem e iniciando um novo ciclo de crescimento, repouso e queda. Quando há predisposição genética e ação hormonal, o que acontece principalmente entre os homens, os fios não crescem. Conheça os fatores que levam a perda de cabelos e como solucionar esse problema.

A culpa (também) é da genética.

A alopécia androgenética (AAG) é caracterizada pela queda gradual e contínua de cabelo. Os fios de cabelos passam por três fases: crescimento, repouso e queda, dando espaço para novos fios nascerem. Pessoas com predisposição genética e ação hormonal não apresentam o crescimento de novos fios.

queda de cabelo

Homens tendem a sofrer mais com a calvície.

Isso acontece porque a queda de cabelo está ligada à produção de testosterona, hormônio predominantemente masculino e produzido em baixa escala por mulheres. Ao atingir a raiz do cabelo, a testosterona sofre a ação de uma enzima. Por sua vez, esta ativa substâncias que reduzem a velocidade de multiplicação das células da raiz. Consequentemente, o cabelo se torna mais fino e seu crescimento fica mais lento.

Usar rabo de cavalo e coque em excesso é prejudicial.

Prender os cabelos frequentemente com elásticos e grampos pode enfraquecer a raiz, provocando tensões ao puxar o cabelo e fazer força para amarrá-lo. Além de deixar a raiz mais fragilizada, pode fazer com que o fio se parta ao meio.

queda de cabelo

Problemas hormonais e estresse interferem.

Alterações hormonais contribuem para a queda de cabelo. Se as glândulas endócrinas (tireóide, suprarrenal e hipófise) não estiverem funcionando normalmente, o organismo fica desregulado e acaba dificultando a chegada dos nutrientes ao folículo capilar. O estresse, por sua vez, desloca os nutrientes necessários para o desenvolvimento de fios fortes e saudáveis para a geração de energia. Com isso, há perda de vitaminas e minerais e aumento do nível de cortisol no organismo. Esse hormônio desacelera a divisão celular na raiz, aumentando a quantidade de fios perdidos. O estresse também provoca dermatites no couro cabeludo.

queda de cabelo

O momento certo de procurar ajuda profissional.

Normalmente, perdemos cerca de 100 a 150 fios por dia. Se você está notando tufos de cabelos no travesseiro, nas blusas e/ou nos braços, sendo que não está acontecendo a substituição normal dos fios, é hora de procurar tratamento.

Manter uma vida saudável ajuda a evitar a queda de cabelo.

Investir em uma alimentação balanceada, saudável e rica em vitaminas e minerais; levar os cabelos pelo menos três vezes por semana, evitando o couro cabeludo oleoso; enxaguar os cabelos retirando excesso de shampoo e condicionador; prender o cabelo apenas quando estiver seco e evitar o estresse e praticar atividade física com regularidade para melhorar a circulação sanguínea são atitudes que ajudam a combater a queda de cabelos.

Alimentação rica em nutrientes é indispensável.

A ingestão de alimentos ricos em sais minerais como zinco, cobre e manganês, assim como as vitaminas A, Biotina, C e E, ômegas 3 e 6 e aminoácidos, entre outros, são essenciais para a formação e fortificação dos fios capilares. O processo de nutrição, oxigenação e estimulação do aparelho pilo sebáceo auxilia muito o crescimento dos fios. Além disso, é de suma importância manter a hidratação do organismo com bastante água.

O colágeno, assim como as demais proteínas, também é fundamental para promover o crescimento saudável dos cabelos, deixando os novos fios mais fortes, hidratados e brilhantes, bem longe do aspecto quebradiço e sem vida.

Quer saber mais sobre com as vitaminas e minerais em associação com o colágeno podem deixar seus cabelos, pele e unhas mais bonitos? Clique aqui.

 

Agradecemos ao dermatologista Lucas Miranda, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, por contribuir com seus conhecimentos sobre calvície neste blog post.